quinta-feira, 16 de abril de 2015

Segurar a vela

A propósito do post de ontem e porque vinha no carro com os meus miúdos e as miúdas amigas deles, filhas de um casal amigo meu, e vinha a tentar organizar o fim do meu/nosso dia, porque não tinha ajuda para os transportes, e os meus miúdos tinham compromissos distintos em locais distintos à mesma hora. E no momento cancelámos a explicação da miúda, reagendámos a mesma para outro dia, e eu vinha a dizer-lhes o quão difícil é organizar a agenda de três gatos pingados como nós.
E a minha miúda sai-se com esta:

- Oh mãe tu tens é de arranjar um namorado. Qualquer dia nós saímos de casa, tu ficas velha e só, e isso deve ser muito triste.

E eu ri-me, e o meu miúdo soltou:

-Yá. Mesmo.

E uma das amigas, a mais velha, da idade da minha, disse:

- Que estupidez. A tua mãe não fica sozinha. Tem sempre a minha mãe e o meu pai.

E o meu miúdo rematou:

-Sim. Muito bonito. A segurar a vela eternamente. 

9 comentários:

  1. O teu puto tem cada saída!! :D :D :D :D

    ResponderEliminar
  2. Como eles vêem as coisas... Tão práticas e fáceis :))

    ResponderEliminar
  3. O teu filho é mesmo muito divertido! :D

    ResponderEliminar
  4. Eu sou da opinião deles. A visão do teu filho, para mim, é a melhor de todas e olha que não está nada errado.
    :)

    ResponderEliminar
  5. andava eu à tua procura e agora venho aqui e não te seguia! gaita! já está resolvido!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. não esperava isso de ti... mas vá. situação remediada. 'tás perdoada. ;)

      Eliminar
  6. Convido-a a responder a uma tag:http://experimenteie.blogspot.pt/2015/04/desafio-aceite.html

    ResponderEliminar