terça-feira, 28 de abril de 2015

Gaba-te cesto, que vais à vindima

No carro, a caminho do treino de futebol, miúdo ao meu lado, equipado, pernocas à mostra.
Começa a contrair os músculos, e diz-me:
-Olha-me só esta musculatura, hein? 

Olho-lhe as pernas, ainda despidas de pêlos, mas bem definidas, meu homenzinho pequenino. Tiro uma mão do volante e pouso a mão na sua perna ainda contraída.
-Psst... Tira daqui a mãozinha que isto é propriedade privada...

Sorrio. E ele remata:

- Cada pessoa tem o seu corpo. E as pessoas não se devem queixar do seu corpo, porque cada qual tem o seu. Mas depois há aquelas pessoas assim como eu, que tiveram a sorte de ter um corpinho destes...


 

10 comentários:

  1. Como é que é possível? :)
    Ainda ontem andavam a palmilhar tudo, de fraldas no rabo, chucha na boca e fralda de pano na mão.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E eram propriedade privada, NOSSA! Nosso colo, nossos braços, nossas cavalitas. Bolas.

      Eliminar
  2. Muito bom... cuidar do que nos pertence, melhor ainda!...
    AbraçO

    ResponderEliminar
  3. Tão giro quando começam a espigar na adolescencia.
    Kis :>)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Espigam rápido, é o que é...
      Um beijo AvoGi!

      Eliminar
  4. O teu filho e as saídas dele, é o máximo esse miúdo :)!

    ResponderEliminar
  5. Tão engraçado e cheio de confiança. É assim mesmo :))

    ResponderEliminar
  6. esse miúdo é um "achado" ! digo eu, que estou de fora! mas não, é mesmo!

    ResponderEliminar