quarta-feira, 25 de março de 2015

Um braço negro

A minha amiga, que vive mesmo por cima de mim, toca-me à porta, entra-me casa dentro, num rompante.
- Anda cá. Tens de ver isto. Estou tão preocupada...
Despe a camisola, e põe-se muito direita, de braços juntos.
- Olha lá. Que é que vês de diferente nos meus braços?
- Hummm.... Tens um braço negro. 
- Tenho, não tenho? Será que vou ter um avc?

Faço o que sempre fazemos, de cada vez que se nos surge uma questão de saúde. Ligo para o nosso doutor de triagem, que é o meu ex-rei, que não é médico nem nada que se pareça, mas que teria dado um, e dos bons, caso se tivesse interessado pelos estudos, em vez de se ter interessado por uma bola, e que tem um jeito danado para estas coisas.
Explico-lhe o sucedido. Faz-me mil perguntas, como se estivesse na linha saúde 24.

Bateu em algum lado? - não.
Está todo negro? - todo. de alto a baixo.
Mas tem aspecto de hematoma - tem. mas um hematoma gigante.
Tem tido problemas de circulação? - que saiba, não.
Tem dores? - não. nada.

Feitas as questões que achou pertinentes, disse-me:
- Não faço ideia do que seja. Ela que vá ao hospital.

A minha amiga vai para casa com o veredicto do meu ex-rei, nosso médico de triagem, e meia hora depois toca-me à porta e entra-me casa dentro, num rompante.
- Tu queres acreditar que estava já eu pronta para sair, e lembrei-me das axilas. Despi a camisola, agarrei numa gilete, e não é que uma gota de água escura me começa a escorrer braço abaixo?

Conclusão, a camisolinha preta que envergava, modelito nova coleção da Primark, tinha-lhe tingido daquela forma um só braço. E foi graças à penugem axilar que se evitaram uns quantos exames no hospital, umas quantas horas perdidas no mesmo, e a vergonha de passar por badalhoca perante o médico de serviço.

16 comentários:

  1. Hahahahah, opa lindooo! :)))
    Obrigada por partilhares este momento tão hilariante, gargalhei com gosto!

    ResponderEliminar
  2. Que susto! Mas acabou de forma inesperada e, vá lá um pouco hilariante, apesar do trabalho todo na consulta de "triagem"!! :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O "médico" da triagem ficou todo contente de não ter conseguido fazer o diagnóstico assertivo porque...na verdade não havia diagnóstico! Assim, não falhou ;)

      Eliminar
  3. Aconselho uma ida ao oftalmologista...do AVC está safa mas das vistinhas está um caco!!! :)))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então também eu estou! Garanto-te, aquilo não nada ar de sujo! Parecia mesmo um hematoma! Um beijo AC!

      Eliminar
  4. Uf! Antes assim. Moral da história? Primark não?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não. Moral da história, lavar sempre a roupinha antes de a estrear. Eu por acaso, ganhei a mania de o fazer, desde que vi uma senhora com ar de quem não tomava banho há largos dias experimentar uma camisa que eu também queria comprar. Fiquei a pensar naquilo, e serviu-me de lição. Chamem-lhe manias, chamem-lhe o que quiserem, mas....

      Eliminar
  5. Sempre é melhor um desbotado do que um AVC!!! Não compro roupa com frequência, tenho blusas há anos, costuro as minhas túnicas de verão e calças é que vou adquirindo conforme o uso que lhes dou. Mas quando compro lavo sempre antes de vestir... sempre! E quando vou comprar sapatos levo sempre umas meias no bolso!
    Mais vale prevenir do que remediar!...
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso é porque a Teresinha tem umas mãos de ouro (costurar a própria roupa, não é para todos...). Um beijinho!

      Eliminar