quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Apre!

No colégio dos meus miúdos há uma reunião por mês.
Uma, por mês. De falta de informação, que ninguém se queixe.
A dita reunião é feita isoladamente, com cada pai, por hora de chegada. Tento chegar sempre o mais cedo possível,  porque me irritam os paizinhos que fazem sala com o director de turma, fazendo os outros pais desesperarem à espera. No entanto, quando não me é possível, e chego ligeiramente mais tarde, neste período de espera sou presenteada com autênticas cenas de teatro. Ou de novela.
Questiono-me se  muitas  das mães que pariram nas duas últimas décadas, serão dotadas de algum dom especial, porque só pariram filhos anjos. 

Se há algo a correr mal, a culpa é do sistema. Ou do ministério.  Ou da direcção da escola. Ou do coordenador do ciclo. Ou dos professores. Ou dos auxiliares. Ou do porteiro. Ou das funcionárias da secretaria. Ou dos próprios colegas da turma. Ou do colega na carteira ao lado. Ou do colega que se senta atrás. Ou do colega que se senta à frente. Ou dos pais dos colegas todos juntos, que não sabem educar. A culpa, essa desgraçada,  nunca é dos próprios filhos. Que esses são anjos. Só ainda não os artilharam com umas asas nas costas, e uma aureola na cabeça, porque não faz pendant com os nike air , ou com os new balance ultimo modelo. 
APRE!

15 comentários:

  1. É muito mais fácil sacudir a água do capote...

    ResponderEliminar
  2. Só pari a nem uma década, a "fornalha" é a mesma, são todos anjos, inteligentes, espertos, especiais, diferentes, felizes, calmos e coitadinhos! :)))

    ResponderEliminar
  3. Tchii não há pachorra! Estou mesmo a ver quando for eu a ir às reuniões...

    ResponderEliminar
  4. Ah, ah, tá ótimo... As escolas são cada vez mais espaços de episódios desses!! Vou partilhar!! Beijinhos😉

    ResponderEliminar
  5. Clarividência precisa se com urgência. Parabéns acertou na muge!!

    ResponderEliminar
  6. É verdade! Nao tenho filhos mas vejo a reacao das minhas colegas quand me contam coisas relacionadas com os filhos! Ate os defeitos sao virtudes! Rsss

    ResponderEliminar
  7. hehehehe, ver defeitos no resto do mundo inteiro é bem mas fácil

    ResponderEliminar
  8. Eu acho que as pessoas se desculpam com os outros porque não querem assumir que os erros dos próprios filhos podem ser um resultados das suas próprias falhas como educadores. Porque educar não é fácil, exige trabalho e nem todos estão dispostos a fazer esse investimento.

    ResponderEliminar
  9. Não sou mãe, mas àquilo que vejo é falta de educação, isso sim.
    Bom fim de semana, beijinhos.

    ResponderEliminar
  10. Snif! Só a mim é que não me calharam anjos desses. Apre! :)

    ResponderEliminar
  11. Ah, mas têm, eles conseguem ver as ditas asas, vai por mim!

    ResponderEliminar
  12. Subscrevo tanto, tantas vezes, até carrego na caneta!

    ResponderEliminar