quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

In(ex)clusão

 
 
O miúdo chegou a casa depois de retomado o início do segundo período, com a seguinte convicção/pedido: "mãe, temos de começar a ver a casa dos segredos". Dei uma gargalhada, supus que algum colega lhe tenha falado maravilhas (ou pormenores sórdidos) do dito programa, e disse-lhe que nem pensar. Voltei a refletir que não vemos televisão os três juntos, porque os meus interesses e os da miúda nunca se coadunam com os dele. A miúda falou-lhe no "house" pela milésima vez, serie que andamos a ver juntas, e ele cedeu a ver um episódio, soltando a frase "é que estou farto de ser o excluído" . Fez mil perguntas para apanhar o fio à meada, a miúda respondeu com toda a paciência que a caracteriza,  o miúdo gostou e entusiasmou-se, temos programa pós jantar, um sofá com lotação esgotada, mantas e chocolates partilhados (e eu ladeada de amor incondicional).

5 comentários:

  1. cenário completo e sem necessidade de mais admissões!

    ResponderEliminar
  2. Primeiro amor... Lindo! :)

    Beijo, Alteza! :)

    ResponderEliminar
  3. Isso é tão bom :D todos aconchegadinhos no sofá!

    ResponderEliminar
  4. O cenário ideal e sem casa dos segredos :)

    ResponderEliminar